Os Inimigos mais Visíveis: Os Pelos

Os Inimigos mais Visíveis: Os Pelos

O pelo é uma característica comum em todos os seres humanos, mas quando é excessivo em mulheres, é motivo de preocupação e danos na auto-estima, é por isso que tornou-se uma das dores de cabeça de milhares de mulheres que estão desesperadas para removê-los da sua pele. É normal para uma mulher ter pelos genitais ou em seus braços, mas em pequenas quantidades, justamente por serem mulheres, as glândulas e hormônios são diferentes dos homens, que podem apresentar uma alta concentração de pelos no corpo.

O que não é tão comum é que as mulheres pareçam como um urso, com barba cheia como um homem, ficam em uma situação muito desconfortável cada vez mais sofrem com o sentimento de rejeição por parte dos homens, causando problemas de auto-estima.

O nome desse problema é hirsutismo, doença hormonal feminina que apresenta um crescimento excessivo de pelos em áreas associadas com a maturidade sexual masculina, ou seja, o aparecimento de pelos finos e curtos, mas abundantes nas costas, no queixo, bigode, braços, pernas, pescoço, genitais e nádegas.

Apesar da taxa de afetação não ser alarmante, há um número significativo de mulheres que sofrem deste mal, e de acordo com as estatísticas, o que mais afeta o seu humor são as piadas e comentários sarcásticos sobre sua situação, a preocupação constante sobre sua aparência e a consequência na sua vida social, trabalho e família, além do medo de mostrar o seu corpo em um evento muito social como uma exibição esportiva, visitar uma piscina, uma reunião ou festa, pode ser muito traumático e mesmo a vida sexual pode ser afetada.

Mas as consequências podem ser ainda mais graves, porque após as alterações hormonais existentes pode ocorrer a possibilidade de infertilidade, que marcam severamente a vida de uma mulher. O nível de hirsutismo pode variar de mulher para mulher e um método para avaliar a concentração de pelo é a escala de Ferriman-Gallway, que analisa a doença em vários pontos e classifica o aparecimento de pelos normal ou hirsutismo, leve, moderado ou grave. Neste último, as mulheres tem um aspecto físico de um homem, também enfrentam distúrbios da menopausa e outros, tais como anorexia.

O tratamento médico é feito por especialistas, que utilizam medicamentos em doses controladas que facilitam o desaparecimento dos pelos. Por outro lado, os cosméticos, apresentam técnicas de remoção manual, depilação, depilação a laser, eletrólise e branqueamento. O importante é se sentir bem sobre si mesma e, felizmente, existem soluções de vários tipos para controle de hirsutismo.

Para mais informações, não deixe de conferir o artigo “Excesso de Pelo: Um Problema de Origem Hormonal?“.

Matérias Relacionadas
Beleza da Mulher Acabe com os Pelos do Corpo

As mulheres estão sempre buscando novas maneiras de acabar com os pelos do corpo, já que são muito antiestéticos e

Cuidado com a pele Depilação Termoquímica

Remover os pelos do corpo de forma definitiva está tornando uma prioridade para muitas pessoas, cada vez se buscam mais

Beleza da Mulher Inhibitif – Produto de Remoção de Pelos Possui Mesmo Resultado que a Depilação a Laser

A depilação sempre foi e será um momento de pesadelo para todas as mulheres, inclusive para alguns homens. Mas pesquisas

Cuidado com a pele Depilação a Laser

A depilação é incômoda e desconfortável, mas necessária para nos mantermos bonitas. Por isso, os métodos de depilação tem avançado

Beleza da Mulher Excesso de Pelo: Um Problema de Origem Hormonal?

Algumas mulheres sofrem com o excesso de pelos em determinadas áreas do corpo e isso as faz se sentir muito

Comentário Anônimo(opcional)

Comentário com seu Facebook
Existe 1 Comentário para Dica "Os Inimigos mais Visíveis: Os Pelos"
Marta Melo

Boa tarde, tenho alguns pelos fininhos na parte de cima dos pés. pode ser normal? e no ânus, as mulheres também podem ter? obrigada.