O Que eu Ganho ao Deixar de Fumar?

O Que eu Ganho ao Deixar de Fumar?Bom… Falar que fumar faz mal à saúde, com certeza será redundante, pois a mídia e os grupos anti-tabagismo têm gritado insistentemente aos nossos ouvidos, porém alguns fumantes insistem em não ouvir. Mas quais são os benefícios que terei se parar de fumar? São tantos, que é certo que você ficará disposta a dar um basta neste vício que a cada dia mata mais pessoas.

E por falar em morte, vamos ver as pesquisas que já foram feitas por causa deste problema:

O cigarro já matou, na última década, cerca de 50 milhões de pessoas. Só na França são 75 mil mortes por ano, dos quais aproximadamente 18 mil são devido às doenças cardiovasculares decorrentes do cigarro. No Brasil este número sobe para 200 mil mortes por ano. Nas mulheres esta porcentagem de doenças cardiovasculares aumentou 30% em relação ao câncer causado pelo tabaco.

O hábito de fumar bloqueia as artérias e causa derrames e ataques cardíacos. Os fumantes têm 50% mais probabilidade de ter um problema cardíaco do que um não fumante. Mesmo que nos maços de cigarro apareçam vários alertas, imagens com tanto sofrimento, muitas pessoas ainda insistem em começar a fumar ou continuar fumando. Foi realizada uma pesquisa na França com fumantes e foi verificado que menos de 40% tinham medo de ter uma doença cardiovascular, e menos de 60% de câncer.

O cigarro está no topo dos culpados pelo infarto do miocárdio, além da pressão alta e do diabetes. E, além disso, é o causador de mortes entre pessoas fumantes com menos de 50 anos por ataque do coração.

Fumar moderadamente

Isto não existe! O cigarro em qualquer quantidade é prejudicial à saúde, inclusive o cachimbo, narguilé e cigarro com ou sem filtro. Todas as formas de consumo envolvem o risco de infarto do miocárdio. Este risco aumenta três vezes em fumantes de cigarros com filtro, duas vezes e meia para os que preferem cigarros sem filtro, pouco menos de duas vezes nos que usam o narguilé e mais de três vezes em fumantes de cachimbo. Não é certa a afirmação que fumar moderadamente não cause risco à saúde. Não existe uma quantidade de consumo que possa considerar estes riscos nulos.

E o fumante passivo?

Conviver com um fumante também ocasiona o risco de sofrer de doenças cardiovasculares e câncer. O risco de contrair câncer em fumantes passivos é de 30% a mais do que pessoas que estão livres da fumaça alheia. Quanto às doenças cardiovasculares aumentam o risco de 25% a 35% aos pobres fumantes passivos, que muitas vezes se sentem impotentes diante de tal situação.

Deixar de fumar: Benefícios em 24 horas

Parar de fumar traz benefícios para si e para os outros que vivem próximos. A pele recupera seu brilho, a respiração se renova, reduz o risco de impotência sexual, mas verdadeiramente esta atitude deixa o seu coração agradecido. Um ano sem fumar reduz o risco de um ataque do coração.

Entretanto em 24 horas já se percebem os benefícios: não terá mais monóxido de carbono no sangue. Este enquanto presente no sangue satura a hemoglobina que não consegue transportar oxigênio aos tecidos. Parando de fumar, a hemoglobina trabalhará normalmente restaurando sua função e trazendo uma melhora no seu desempenho esportivo.

Em duas semanas as plaquetas presentes no sangue estarão em pleno vigor, anulando o risco de sofrer espasmo coronariano ou trombose. O espasmo coronariano é o “fechamento” das artérias coronárias que impedirão que o sangue chegue ao coração. Aqui também a pessoa já terá o paladar restaurado.

Quanto mais jovem a pessoa deixar de fumar, mais benefícios terá. Se ela tiver menos de 40 anos se recuperará de tal forma, que sua expectativa de vida será como se nunca tivesse fumado. Se parar mais tarde, entre 55 e 65 anos, o fumo já terá deixado consequências para o organismo, principalmente problemas cardiovasculares. Mesmo que a pessoa já tenha um problema cardiovascular, o risco de um infarto do miocárdio, por exemplo, cai pela metade. Não podemos nos esquecer que a expectativa de vida tem aumentado por isso manter-se saudável implicará numa velhice com saúde e ainda cheia de vigor.

O risco de diabetes, não contando outros fatores, aumenta em 2,6 vezes em fumantes em comparação com as pessoas que não fumam. Se parar de fumar esse risco se torna igual ao dos não fumantes.

Deixar de fumar só te trará benefícios, por isso procure ajuda se você não conseguir parar sozinho. Se você não tiver forças para parar por causa de você mesma, faça por alguém, pelo seu namorado, pelo seu esposo, pelos seus filhos (as), pela sua família, pelo seu futuro ainda não conquistado. Dê uma chance pra você!

Como Parar de Fumar
Matérias Relacionadas
Saúde da Mulher Acupuntura para deixar de fumar

Fumar é um hábito muito prejudicial para a saúde e o número de fumantes cresce a cada dia. Mas para

Intimidade Feminina Fumantes Passivos: os Filhos

O problema dos diversos tipos de vícios é quando acomete o outro. Quando os pais são fumantes, eles não estão

Saúde da Mulher Tabagismo e Anticoncepcionais: Precauções e Contra-Indicações

O tabagismo ao longo dos anos cresceu muito entre as mulheres e é um hábito que combinado com os anticoncepcionais

Maternidade Por que Preciso Deixar de Fumar na Gravidez?

Os danos do tabagismo materno na saúde do bebê são evidentes. No entanto, muitas grávidas continuam fumando. Por que é

Saúde da Mulher Cigarro: O maior inimigo do pulmão

Todos já sabemos que o hábito de fumar é ruim para a saúde, tanto de homens como de mulheres. Mas

Comentário Anônimo(opcional)

Comentário com seu Facebook
Nenhum Comentario para Dicas "O Que eu Ganho ao Deixar de Fumar?"