Herpes Labial, Causas, Sintomas e Tratamento

Herpes Labial, Causas, Sintomas e Tratamento

O que é e qual é a fonte fundamental do Herpes labial?

A principal fonte de infecção do Herpes Labial é o mesmo vírus que provoca a herpes simplex tipo 1, que pode ser do tipo assintomático ou causar úlceras na mucosa oral. O contato com o vírus ocorre geralmente na infância, mas muitas vezes a doença não se manifesta nesta época. O vírus atravessa a pele e, percorrendo um nervo, se instala no organismo de forma latente, até que venha a ser reativado.

Em algumas pessoas, por várias razões, tais como estresse, exposição excessiva ao sol ou quadros infecciosos, o vírus pode ser reativado e origina as típicas lesões que são comuns nos lábios em caso de febre, com a formação de pequenas bolhas agrupadas como num buquê sobre área avermelhada e inchada. Logo após as bolhas se rompem liberando líquido rico em vírus e formando uma ferida. É a fase de maior perigo de transmissão da doença. A ferida começa a secar formando uma crosta que dará início à cicatrização.

Como o vírus do Herpes Labial pode ser transmitido?

O vírus do Herpes Labial é altamente contagioso e é transmitido através do contato direto a partir da secreção que é liberada pelas bolhas e por meio de objetos usados pela pessoa infectada tais como copos, talheres, pratos, panos ou toalhas, etc.

A causa do Herpes Labial pode aparecer de distintas fontes, por isso a prevenção tem que ser feita antes do contágio.

Quais são os sintomas do Herpes Labial?

Depois de ter sido infectado com o vírus os sintomas começam a partir da primeira ou segunda semana logo após o contato com qualquer objeto infectado ou com a pessoa infectada. As feridas infectadas resistem entre sete a dez dias sempre dependo da pessoa. Logo depois desta etapa começam a desaparecer gradualmente fazendo com apareça uma crosta.

O vírus permanece escondido nas estruturas dos nervos e esta é uma das principais causas do Herpes Labial que volta com alguma frequência.

Os sintomas ocorrem no período de uma a duas semanas após o contágio. As lesões continuam durante sete a dez dias. Logo vão desaparecendo, porém fica uma crosta cicatricial.

Os sintomas mais comuns são coceira e ardor, tendo a duração de um a dois dias.

Outros sintomas são:

  • Erupção da pele e bolhas nos lábios ou na boca contendo um líquido amarelado.
  • Bolhas vermelhas.
  • Dor e queimação.
  • Febre.
  • Espessamento dos gânglios do pescoço.

Qual é o melhor tratamento do Herpes Labial?

O Herpes não tem cura. O tratamento visa reduzir os sintomas, acelerar a cicatrização e prevenir as complicações. O médico receitará antivirais que deverão ser iniciados nas primeiras 72 horas e ajudarão na redução do tempo da doença e na intensidade dos sintomas.

Algumas plantas medicinais podem ser usadas no combate aos sintomas do Herpes Labial. Os óleos essenciais de melissa têm sido descritos como eficazes no combate ao vírus. Óleos essenciais à base de tomilho, manjerona e junípero dentre outros também podem auxiliar no combate à doença.

Quanto tempo leva a evolução do Herpes Labial?

O desenvolvimento do Herpes Labial, com ou sem tratamento, tem a duração de cerca de dez dias, o tratamento precoce com os antivirais reduz a propagação da erupção e alivia o desconforto.

Quais os cuidados devo ter?

  • Fazer uma boa higiene na área com água e sabão anti-séptico, podendo, assim, evitar novas infecções bacterianas.
  • É preciso ter as precauções necessárias para evitar o contato com outras pessoas ou até mesmo utensílios usados pelo doente para evitar a infecção.
  • Não se deve tentar furar as bolhas.
  • Evitar beijos ou falar muito próximo das pessoas, principalmente de crianças.
  • Lavar sempre as mãos após manipular as feridas, pois a virose pode ser transmitida para outros locais do seu próprio corpo, especialmente as mucosas oculares, bucal e genital.

Não esqueça: procurar um médico dermatologista é essencial. Somente ele poderá determinar os medicamentos mais indicados. Afinal a nossa saúde é o nosso mais precioso patrimônio.

 

HERPES LABIAL
Matérias Relacionadas
Saúde da Mulher Tricomoníase, Uma Doença Sexualmente Transmissível Pouco Conhecida

Existem muitos tipos de DSTs e todas nós conhecemos algumas formas de nos proteger contra estes. Mas hoje vamos falar

Saúde da Mulher HPV e Verrugas Genitais, como Tratá-las

Muitas de nós já ouvimos sobre o HPV, um vírus de transmissão sexual que pode ou não se manifestar e

Maternidade Você Sabe o que é a Síndrome da Bofetada?

Você alguma vez já ouviu falar da infecção causada por vírus, Síndrome da Bofetada? Hoje te contamos sobre essa infecção

Beleza da Mulher O que é o Peeling?

O peeling é um dos tratamentos estéticos utilizados para reduzir rugas, manchas e cicatrizes. Trata-se de uma esfoliação a base

Saúde da Mulher Transtorno Bipolar Causas e Sintomas

O transtorno bipolar ainda não é explicado pelos pesquisadores com precisão, mas sabe-se que é hereditário e pode afetar o

Comentário Anônimo(opcional)

Comentário com seu Facebook
Nenhum Comentario para Dicas "Herpes Labial, Causas, Sintomas e Tratamento"
loading...