Café Reduz o Risco de Derrame em Mulheres

Café Reduz o Risco de Derrame em Mulheres

Café reduz o risco de derrame em mulheres em torno de 22% e 25% em comparação com as mulheres que tomam menos café, diz um estudo realizado pelo Instituto Nacional de Medicina Ambiental do Karolinska Institute em Estocolmo (Suécia).
O consumo baixo de café ou nenhum consumo foi associado com um risco aumentado de acidente vascular cerebral em um estudo de 34.670 mulheres entre 49 e 83 anos que foram seguidas por uma média de 10 anos e meio. Os pesquisadores observam que, embora seja muito cedo para mudar os hábitos dos consumidores de café, o estudo pode reduzir as preocupações de algumas mulheres.

Um grupo de mulheres, que decidiram tomar uma, duas, três, quatro ou cinco xícaras de café por dia, mostrou benefícios similares do que aquelas que bebiam menos de uma xícara por dia. Essas diferenças foram mantidas independentemente de tabagismo, índice de massa corporal, história de antecedentes de diabetes, hipertensão ou álcool, sugerindo que os efeitos do café não são influenciados por conhecidos fatores de risco cardiovascular.

Os pesquisadores coletaram dados do grupo de mamografia sueca que investigava a associação entre estilo de vida, regime e desenvolvimento da doença. Os autores coletaram casos de AVC que ocorreu pela primeira vez entre janeiro de 1998 e dezembro de 2008, com base nos hospitais suecos para documentar um total de 1680 derrames. Depois de levar em consideração outros fatores de risco, o consumo de café foi associado com um risco menor do total de infarto, derrame cerebral e hemorragia subaracnoidea. Um pequeno número de hemorragia intracraniana pode ser devido à falta de associação com o subtipo acidente vascular cerebral.

Em geral, infarto cerebral é mais associado a fatores dietéticos. O questionário de frequência alimentar não realiza distinções entre o café regular e descafeinado, mas o consumo de café descafeinado na população sueca é baixa. As vias possíveis pelas quais o consumo de café pode reduzir o risco de acidente vascular cerebral incluem o enfraquecimento e inflamação subclínica, redução do estresse oxidativo e da sensibilidade à insulina.

“Algumas mulheres têm evitado beber café porque achavam que não era saudável. Há crescente evidência de que o consumo moderado de café pode diminuir o risco de algumas doenças como diabetes, câncer de fígado e, possivelmente, acidente vascular cerebral”.

Já tomou café hoje?
Matérias Relacionadas
Saúde da Mulher Colesterol na Mulher

Mais do que nos homens o colesterol na mulher traz mais malefícios, já que está relacionado à taxa de hormônios

Saúde da Mulher Conheça a Craniopuntura

Diante de tantos tratamentos alternativos nada melhor que conhecer a craniopuntura para tratar enfermidades que muitas vezes não tem sucesso

Saúde da Mulher Café Pode Proteger Mulheres da Depressão

Em diversas ocasiões já mencionamos que as mulheres são mais propensas a sofrer de depressão. Mas estudos recentes apontam que

Regimes Dieta Mediterrânea Traz Benefícios para o Corpo e a Mente

Conheça os inúmeros benefícios que a dieta mediterrânea pode proporcionar para a sua saúde. De origem europeia, a alimentação é

Saúde da Mulher Os Benefícios do Ômega 3

O ômega 3 é um ácido graxo essencial, considerado assim porque o nosso organismo não é capaz de produzi-lo e

Comentário Anônimo(opcional)

Comentário com seu Facebook
Nenhum Comentario para Dicas "Café Reduz o Risco de Derrame em Mulheres"