65% das Mulheres Deixam de Fazer Exercícios Quando Engravidam

sessenta e cinco por cento das mulheres deixam de fazer exercícios quando engravidam

O sedentarismo faz mal para qualquer pessoa e também é nocivo à gestante. Nenhum médico recomenda a inatividade física, mas basta o resultado dar positivo para a gravidez e as futuras mamães são até incentivadas a parar de mexer o corpo. Não há contraindicação para o esporte durante a gestação, a não ser em condições específicas de gestação de risco como hipertensão, mas foi realizado um levantamento que mostrou que elas entram em estado de “hibernação” logo no primeiro trimestre de gravidez. Foram acompanhadas 127 mulheres, com idades entre 16 e 40 anos, ao longo dos nove meses de gestação. O resultado da pesquisa é que 65% deixaram de praticar o mínimo de atividades físicas.
Entre as participantes, a redução de exercícios não se deu apenas no tempo de lazer, mas também no dia a dia trivial. Percebemos que as grávidas deixam de ir à academia, mas também não vão mais à padaria a pé, mudam o trajeto do trabalho e se não usavam carros para a locomoção, começam a usar.

Para chegar aos resultados, os pesquisadores utilizaram o pedômetro, aparelho que contabiliza os passos dados pela mulher ao longo do dia. Dentre essas gestantes, o nível de exercícios caiu 34% durante a primeira semana que souberam que seriam mães. Já no terceiro trimestre a redução bateu 41% em relação ao início da gestação. Mesmo grávida, a recomendação é fazer pelo menos 30 minutos de atividades físicas por dia, que podem ser divididos em três turnos de 10 minutos. Para chegar ao mínimo, valem caminhadas leves, subir escada, varrer a casa e até passear com o cachorro.

Nesta primeira etapa do estudo não conseguimos detectar o real motivo que leva a redução de atividade. Sabemos que um período de transformação hormonal, que o ganho de peso reduz a mobilidade e que até a postura fica diferente. Mas mesmo que de formas diferenciadas, a mulher não precisa virar sedentária só porque engravidou.

Continuar movimentando o corpo, mesmo na gravidez, é uma das formas mais eficazes de ganhar ao menos um quilo por mês na gestação, e também é uma maneira de fazer dos exercícios uma rotina, garantindo a recuperação da forma após o parto.

Matérias Relacionadas
Maternidade Diabetes Gestacional

O diabetes gestacional pode ser detectado antes ou durante a gravidez. Raramente causa complicações para a mãe e o bebê.

Saúde da Mulher A Importância da Atividade Física

A prática de atividade física é importante não apenas quando desejamos perder peso, mas também para manter o nosso corpo

Maternidade Barriga Lisa Após Uma Cesariana: Exercícios e Dicas

Após a gestação muitas mulheres se preocupam em voltar a ter uma barriga lisa, especialmente quando tiveram que passar por

Saúde da Mulher Exercícios de Respiração para Controlar a Asma

A asma é uma doença que afeta adultos, mas especialmente as crianças e pode ser controlada conciliando a medicação com

Maternidade Riscos de Gravidez Múltipla

Muitas mulheres além de sonharem com uma gravidez, sonham com uma gravidez múltipla. Mas este é um tipo de gravidez

Comentário Anônimo(opcional)

Comentário com seu Facebook
Nenhum Comentario para Dicas "65% das Mulheres Deixam de Fazer Exercícios Quando Engravidam"