Como Criar uma Dieta de Baixo Índice Glicêmico Para Emagrecer

Como Criar uma Dieta de Baixo Índice Glicêmico Para EmagrecerMuitas dietas são baseadas no baixo índice glicêmico, porque perder peso, mediante este caminho é o mais viável em longo prazo.

Mas seguir a dieta determinada pelo especialista não é suficiente. Para poder emagrecer e manter o peso são necessários conhecer os pontos-chave de qualquer baixo índice glicêmico com a finalidade de adaptar os seus princípios às suas próprias necessidades alimentares.

A dieta de baixo índice glicêmico funciona porque substitui carboidratos refinados, com opções mais saudáveis. Os alimentos com um alto índice glicêmico (IG) aumentam os níveis de açúcar no sangue, dando um impulso de energia instantânea, seguido de uma queda que precede o ataque de fome.

Os carboidratos de qualidade baixa IG (não processados) permitem ter uma sensação de saciedade por mais tempo, também a sua digestão é mais lenta e oferecem mais energia durante todo o dia, sem grandes picos de açúcar no sangue.

A maioria dos alimentos de baixo IG tem um maior conteúdo de fibra juntamente com outros nutrientes, esses alimentos são algumas frutas e verduras, juntamente com grãos integrais e leguminosas.

Fundamentos da dieta de baixo índice glicêmico

O principal é saber encontrar o equilíbrio certo entre os carboidratos e as fibras, uma forma simples de determinar o IG adequado consiste em calcular a proporção de carboidratos com a fibra dietética.

Os carboidratos não devem ser superiores a cinco vezes o teor de fibra. A proporção de 5/1 é a mais saudável, pois garante que o alimento em questão seja de baixo IG.

Cabe ressaltar o fato de que a dieta de baixo índice glicêmico não é uma ciência exata, no sentido de que o IG total pode mudar, dependendo das combinações de alimentos e de outros fatores. A primeira coisa a lembrar é de comer alimentos ricos em fibras na mesma refeição junto com alimentos ricos em proteína para ajudar a combater a fome.

Como escolher os pratos de uma dieta de baixo IG

Existe uma realidade, a maioria das pessoas não tem tempo para calcular o IG dos alimentos diariamente, portanto existe uma forma simplificada de fazê-lo.
Para fazer isso, você deve sempre garantir que a metade de cada refeição seja de frutas e verduras ou grãos, e a outra parte de proteínas (carnes magras). Por exemplo, um prato que consiste de uma salada de folhas verdes, tomates, sementes polvilhadas (aquelas que você goste) e um filé de peito de frango, mais uma fruta cítrica é um claro exemplo de uma refeição de baixo índice glicêmico.

Conheça os alimentos com baixo, médio e alto índice glicêmico
Matérias Relacionadas
Cuidado com a pele Cuidados com o Rosto desde o Interior

Uma alimentação saudável é fundamental tanto para nos mantermos bem e livres de doenças, quanto para nos vermos bem, já

Saúde da Mulher Alimentos “Antipicoteos”

As mulheres que estão sempre correndo no dia-a-dia e se movimentando costumam sentir mais fome entre as refeições, o que

Regimes O Segredo é Consumir Legumes se Você Quiser Emagrecer

Quando decidimos emagrecer logo pensamos nos exercícios físicos e na dieta. Quando falamos de dieta logo surge a dúvida do

Saúde da Mulher Por que Consumir Arroz Integral?

“Saúde é o que interessa e o resto não tem pressa”. Apesar de ser a frase de um humorista é

Saúde da Mulher Qual a Importância das Fibras no Nosso Organismo?

O nosso organismo precisa de diversas substâncias para ter um funcionamento adequado e saudável, entre elas os nutrientes, fibras, proteínas,

Comentário Anônimo(opcional)

Comentário com seu Facebook
Nenhum Comentario para Dicas "Como Criar uma Dieta de Baixo Índice Glicêmico Para Emagrecer"