Vitaminas para Grávidas

Vitaminas para Grávidas

Para ajudar a aumentar as possibilidades de criar um ambiente saudável e nutritivo no qual o bebê possa se desenvolver adequadamente é importante que a mãe estabeleça uma dieta bem equilibrada, que contenha as quantidades adequadas de vitaminas e minerais.

No entanto, para uma mulher grávida é realmente difícil obter todos os nutrientes que ela e o seu bebê precisam, inclusive se a sua dieta é quase perfeita e come uma grande variedade de alimentos, incluindo carne, laticínios, frutas, vegetais, grãos e legumes.

As vitaminas pré-natais ou vitaminas para gravidez são suplementos vitamínicos que as mulheres são incentivadas a tomar antes, durante e após a gravidez, especialmente se elas pretendem amamentar o seu bebê recém-nascido.

As vitaminas pré-natais são muito semelhantes às multivitaminas regulares, mas são especialmente formuladas para proporcionar todos os nutrientes essenciais que as mães não podem obter em suas dietas regulares, com especial ênfase para o ácido fólico, ferro, cálcio e vitamina D, enquanto que outras vitaminas, tais como a vitamina A pode estar contida em quantidades menores.

Uma dose demasiadamente alta de vitamina A derivada de fontes animais pode causar efeitos adversos sobre o desenvolvimento do feto. É por isso que a vitamina A na maioria das vitaminas pré-natais vem na forma de beta-caroteno.

O beta-caroteno é um nutriente que se encontra nas frutas e vegetais e que o corpo converte em vitamina A. Diferente da vitamina A a partir de produtos de origem animal, o beta-caroteno é considerado seguro, mesmo em doses elevadas.

Benefícios dos multivitamínicos pré-natais:

• Reduzir o risco de ter uma criança com graves defeitos do tubo neural
• Prevenir a perda óssea
• Ajudar a transportar oxigênio no sangue para a mãe e o filho
• Ajudar a receber os nutrientes que as mães não podem receber em suas dietas normais
• Ajudam na formação de ADN normal no crescimento do feto

Vitaminas e minerais para grávidas

Como mencionado, pode ser difícil para a maioria das mulheres ter todas as vitaminas que precisam a partir da sua dieta regular, especialmente para as mulheres que podem estar sofrendo de náuseas durante a gravidez. Dito isto, as seguintes são as recomendações de ingestão de vitaminas para as mulheres:

O ácido fólico

O ácido fólico é, talvez, uma das vitaminas mais importantes para tomar antes e durante a gravidez. Não apenas é importante o ácido fólico para a síntese normal de DNA e replicação celular, mas também pode reduzir drasticamente o risco de ter um bebê com graves defeitos do tubo neural, como espinha bífida ou anencefalia. Em geral, procure uma vitamina pré-natal que contenha de 400-800 mcg de ácido fólico.

Ferro

O ferro é necessário para a construção de hemoglobina. A hemoglobina é necessária para ajudar a transportar oxigênio no sangue tanto no corpo da mãe como do bebê. Ter ferro suficiente é especialmente importante durante o último trimestre, quando o feto se baseia nas reservas de ferro da mãe, portanto, é especialmente importante que a mãe tenha ferro suficiente para ela e para o bebê.

A quantidade de ferro durante a gravidez também reduz o risco de parto prematuro. Em geral, procure vitaminas para mulheres grávidas que contenham 30 mg de ferro.

Cálcio

É bem conhecido que o cálcio é necessário para fortalecer os ossos e os dentes do bebê, para promover a sua saúde cardiovascular, um correto desenvolvimento dos tecidos fetais e a capacidade de coagulação do sangue.

O bebê que cresce necessita de uma quantidade considerável de cálcio para se desenvolver. Se a mulher grávida não consome cálcio suficiente para manter as necessidades do seu bebê em desenvolvimento, o corpo retirará cálcio dos ossos, diminuindo a massa óssea e colocando a mãe em risco de sofrer de osteoporose.

A osteoporose começa um dramático enfraquecimento dos ossos, resultando em ossos frágeis e fracos que podem quebrar facilmente. O suplemento vitamínico para a gravidez deverá conter de 200 a 300 mg de cálcio.

A vitamina D

O corpo precisa de vitamina D para manter os níveis adequados de cálcio e fósforo, que ajudam a fortalecer ossos e dentes do bebê. A deficiência de vitamina D durante a gravidez podem causar retardo no crescimento e deformidades esqueléticas.

Também pode ter um impacto sobre o peso ao nascer. Se houver uma carência de vitamina D durante a gravidez, o bebê pode ter uma deficiência dessa vitamina no nascimento. Isso pode colocá-lo em risco de sofrer de raquitismo (que pode levar a fraturas e deformidade), o crescimento anormal dos ossos e desenvolvimento físico retardado, e os resultados podem ser duradouros.

Os pesquisadores acreditam que uma deficiência de vitamina D durante a gravidez pode afetar o desenvolvimento ósseo e a função imunológica, desde o nascimento até a idade adulta.

A deficiência de vitamina D também tem sido associada com um maior risco de complicações na gravidez, incluindo a pré-eclâmpsia e uma maior probabilidade de precisar de uma cesariana. As mulheres grávidas devem procurar um suplemento vitamínico que contenha 400 UI de vitamina D.

Zinco

Necessário para a produção, reparação e funcionamento do DNA, o mapa genético do corpo e um componente básico das células. Por isso, conseguir suficiente zinco é particularmente importante para o rápido crescimento celular que ocorre durante a gravidez. Este mineral essencial também ajuda a manter um sistema imunológico saudável, manter o seu sentido do paladar e do olfato e curar as feridas.

Deficiências de zinco são pouco frequentes, mas os estudos vinculam uma deficiência de zinco ao aborto espontâneo, baixo peso e outros problemas durante a gravidez, o parto e a amamentação. Em geral, procure um suplemento vitamínico pré-natal que contenha 15 mg de zinco.

Cobre

O cobre é oligoelemento que se encontra em todos os tecidos de plantas e animais, é essencial para a formação dos glóbulos vermelhos do sangue. Isto é especialmente importante durante a gravidez, quando o fornecimento de sangue é dobrado.

O cobre também aumenta a capacidade do corpo para reparar tecidos e decompor açúcares, previne a perda de cabelo e o mantém com uma aparência saudável. Durante a gravidez, o cobre ajuda a formar o coração do bebê, os vasos sanguíneos e o sistema esquelético e nervoso. Em geral, procure um suplemento de vitaminas que contenha 2 mg de cobre.

A vitamina B6

A vitamina B6, também conhecida como piridoxina, ajuda o corpo a metabolizar proteínas, gorduras e carboidratos. Ela também ajuda a formar novos glóbulos vermelhos do sangue, anticorpos e neurotransmissores e é vital para o desenvolvimento do cérebro do bebê e do sistema nervoso.

As pesquisas mostram que a vitamina B6 adicional pode aliviar náuseas ou vômitos em algumas mulheres durante a gravidez, embora ninguém saiba ao certo por que ela funciona. Encontre um suplemento vitamínico para gestantes que contenha 2 mg de vitamina B6.

A vitamina C

A vitamina C, também conhecida como ácido ascórbico, é essencial para a reparação de tecidos, cicatrização de feridas, crescimento ósseo e pele saudável. A vitamina C também ajuda o seu corpo a combater infecções e atua como um antioxidante, protegendo as células contra os danos dos radicais livres.

Tanto a mãe quanto o bebê precisam desta vitamina diariamente, é necessária para produzir colágeno, uma proteína estrutural que é um componente da cartilagem, tendões, ossos e pele. Com base em estudos com animais, alguns pesquisadores acreditam que as deficiências de vitamina C em recém-nascidos podem prejudicar o desenvolvimento mental. A vitamina C também ajuda o corpo a absorver o ferro.

Tente encontrar um complemento de vitaminas para grávidas que contenha 50 mg de vitamina C.

Ácidos graxos Omega-3

Algumas das melhores vitaminas pré-natais de hoje também podem conter ácidos graxos essenciais Ômega-3. Os Ômegas-3 é uma família de ácidos graxos poliinsaturados de cadeia longa que são nutrientes essenciais para a saúde e desenvolvimento.

Infelizmente, estes não são sintetizados pelo corpo humano e, portanto, devem ser obtidos da dieta ou dos suplementos. As pesquisas indicam que os dois mais benéficos ácidos graxos ômega-3 são EPA (ácido eicosapentaenóico) e DHA (ácido docosahexaenóico).

Os ômegas-3 são considerados essenciais para o desenvolvimento neurológico e visual do bebê. EPA apóia o coração, o sistema imunológico e a resposta inflamatória. DHA apóia o cérebro, os olhos e o sistema nervoso central, por isso é especialmente importante para as mulheres grávidas e lactantes.

No entanto, a dieta de uma mulher grávida pode ser deficiente deste nutriente essencial. Esta deficiência de Ômega-3 na dieta se vê agravada pelo fato do feto utilizar o Ômega-3 para o desenvolvimento do seu sistema nervoso.

Os ômegas-3 também são usados após o nascimento para produzir leite. Os estudos também têm demonstrado que o aumento do consumo de ácidos graxos ômega-3 pode reduzir o risco de alergias em bebês, prevenir o nascimento prematuro e reduzir o risco de pré-eclâmpsia e pode aumentar o peso ao nascer.

Além disso, a investigação sugere que o Ômega 3 também pode reduzir o risco de depressão pós-parto nas mulheres. Recomenda-se tomar um suplemento de ácidos graxos essenciais que contenha 300 mg de EPA diariamente com pelo menos 200 mg de DHA.

Considerações

Lembre-se, as vitaminas pré-natais são um complemento para uma dieta saudável, não um substituto para uma boa nutrição já que as vitaminas pré-natais não necessariamente atendem 100% das suas necessidades de vitaminas e de minerais.

Antes de tomar quaisquer suplementos de vitaminas para a gravidez, consulte o seu médico. O médico pode sugerir o multivitamínico apropriado para você, dependendo das suas necessidades e/ou circunstâncias. Leve em conta que é possível colocar em risco a saúde do seu bebê (e a sua), mediante a adoção inadequada de vitaminas sintéticas.

A combinação de suplementos (tais como tomar um suplemento de ácido fólico, juntamente com o seu multivitaminíco, etc.) pode apresentar problemas porque se corre o risco de sobre dose de algum nutriente.

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NA GRAVIDEZ
Matérias Relacionadas
MaternidadeSaúde da Mulher Benefícios dos Morangos Para as Grávidas

A alimentação saudável e equilibrada durante a gravidez é importante para a saúde da mãe e do bebê, assim como

Maternidade Como Prevenir a Anemia na Gravidez

Durante a gravidez uma das condições que pode afetar a mulher é a anemia, e precisa ser tradada já que

Beleza da Mulher O que Você Come Também é Refletido na Saúde das suas Unhas

A saúde das nossas unhas pode ser afetada uma grande variedade de condições tornando-as quebradiças, fracas, ressecadas, encravadas, etc. Neste

Maternidade Laticínios Durante a Gravidez, Vantagens e Desvantagens

É muito importante durante a gravidez o consumo de produtos lácteos para o bom desenvolvimento do bebê, mas nem todos

Saúde da Mulher Sucos para Combater a Anemia Ferropriva

Hoje em dia é mais do que normal, crianças, jovens, adultos e idosos terem anemia. Muitas vezes a pessoa nem

Comentário Anônimo(opcional)

Comentário com seu Facebook
Existe 1 Comentário para Dica "Vitaminas para Grávidas"
Vivi

Olá, estou com 24 semanas, meu bebê mexe que é uma loucura, as vezes vejo a barriga mexer mesmo, mas isso começou desde que comecei a tomar o suplemento preg ômega, sera isso bom sinal?