Pílula do dia Seguinte

Pílula do dia SeguinteA pílula do dia seguinte, adotada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) foi projetada para evitar a gravidez indesejada e os abortos, hoje é considerada como um dos grandes temas de discussão da bioética. Atualmente é usada na maioria dos casos para controle de natalidade.

Uma recente pesquisa na Argentina pela Organização dos Jovens Cidadãos com 300 mulheres entre 16 e 18 anos, mostrou em uma estimativa de 90%, que as jovens utilizaram a pílula do dia seguinte mais de uma vez para o controle da natalidade. O pior da situação é que em nenhum dos casos a pípula foi receitada por um médico e 60% não sabiam a verdadeira resposta de acordo com o produto. “A contracepção de emergência é um método hormonal que inibe a ovulação e fertilização, e é administrado após a relação sexual desprotegida ou em caso de não utilização de controle de natalidade”, explica o ginecologista. “A droga neste produto, levonorgestrel, se tomada várias vezes pode causar danos vasculares graves e significativas alterações menstruais”, conclui.

A substância tem uma alta taxa de ingestão hormonal semelhante a de cinco pílulas anticoncepcionais. O National Institute Planeamento em Pequim descobriu que a droga reduz o número, tamanho, pH e função secretora das glândulas e do endométrio. Todas essas consequências, desconhecidas para os consumidores.

O composto tem causado controvérsia no campo da saúde, pois muitos estudiosos consideram como abortivo e outros como um contraceptivo de emergência, e esta abordagem depende da visão moral de cada um. Se a mulher não tiver ovulado no momento de ingerir o produto, ele interrompe o processo de maturação do óvulo e, portanto, sem fertilização ou controvérsia. Se a mulher consumir durante um período próximo à ovulação, e se a fecundação ocorrer, a droga atuaria como um abortivo precoce, segundo alguns especialistas.

O conflito ético é, sem dúvida, atribuído à necessidade de encontrar uma definição que resolva sem deixar de lado o direito á vida. A maioria das mulheres que tomam a pílula não sabem em que ponto estão em seu ciclo, estão interessadas apenas em reparar o “erro” que cometeram. O ideal é em casos de extrema necessidade, tomá-la com prescrição médica, ressaltando que a pílula funciona como um método de emergência e nunca deve ser usada como um contraceptivo regular, pois seus resultados podem causar consequências indesejadas em seu corpo.

Hebiatra - Pílula do dia seguinte
Matérias Relacionadas
Intimidade Feminina Métodos Conceptivos

Os métodos contraceptivos têm como principal objetivo evitar uma gravidez, mas alguns deles também proporcionam o benefício de proteger contra

Saúde da Mulher Tabagismo e Anticoncepcionais: Precauções e Contra-Indicações

O tabagismo ao longo dos anos cresceu muito entre as mulheres e é um hábito que combinado com os anticoncepcionais

Beleza da Mulher A Beleza da Mulher Depende da Fase do Ciclo Menstrual

Todas as mulheres se preocupam muito com a beleza e buscam todos os cuidados possíveis para mantê-la. Hoje vamos falar

Saúde da Mulher A Importância do Plano de Saúde para Mulheres

Os planos de saúde são importantes para todas as pessoas, mas especialmente para as mulheres. As mulheres precisam passar por

Maternidade Como Descobrir que Estou Grávida?

A gravidez é um momento muito esperado por muitas mulheres e para outras chega de surpresa. Então, vamos te contar

Comentário Anônimo(opcional)

Comentário com seu Facebook
Nenhum Comentario para Dicas "Pílula do dia Seguinte"