Os Desafios de Viverem Juntos

Os Desafios de Viverem JuntosMuitos casais hoje em dia optam por morar juntos mesmo antes do casamento. Eles preferem ver se vai dar certo primeiro. Mas a vida a dois não é tão simples como se vê na TV ou em filmes. O “viver feliz para sempre” dependerá da disposição de cada um de querer acertar e isto requer paciência e aprendizagem. É necessário que o casal esteja preparado para conviver juntos.

Dividindo o mesmo teto

Quando o casal decide viver juntos, ambos têm que aprender a dividir e compartilhar tantos as coisas ruins quanto as boas. Isto significa ter que ceder às vezes ou negociar em outras, mas o importante é respeitar o limite de cada um.

Muitas vezes achamos que conhecemos o outro, porém o tempo pode passar e nós não conhecermos a pessoa 100%. A partir do momento em que passamos a dividir o mesmo teto é que o processo começa. Vamos conhecer as manias, hábitos, defeitos e qualidades do outro e só o amor poderá passar por cima de qualquer barreira para que o relacionamento possa sobreviver. Contudo temos que estar cientes de que ninguém é perfeito, por isso não busquemos perfeição no outro.

O que é necessário para viver juntos

1. Financeiramente podemos nos manter sem precisar da ajuda de nossos pais? O nosso salário é suficiente para pagar nossas contas e que não serão poucas? Talvez este seja o principal, pois muitos casais querem ficar juntos, porém contando com a ajuda dos pais. Isto é um começo errado.

2. Onde morar? Perto do meu trabalho ou perto do dele? No meu apartamento ou no dele? Para tudo isto vale o diálogo. Colocando na balança os prós e os contras se chegará a uma conclusão em que ambos ficarão satisfeitos.

3. Distribuir as tarefas de casa. Isto pode parecer sem importância, mas este problema leva muitos casais às discussões frequentes que podem acabar levando a um desgaste na relação.

4. Rotina do casal: Ambos devem estar dispostos a ceder. Entrar num acordo é primordial e o respeito se faz necessário. Se ele gosta de assistir futebol e eu gosto de assistir filme, o que fazer? Com certeza, entrar num acordo que favoreça ambos. Por exemplo, hoje assistimos futebol, pois o time preferido dele vai jogar, mas amanhã vamos assistir a um filme. E sem estresse!!!

5. Comum acordo: É necessário que ambos estejam de acordo com esta decisão de viverem juntos. Ninguém pode estar sendo forçado, pois a vida a dois requer ceder constantemente para que a relação não seja cheia de conflitos. O diálogo é muito importante.

A decisão ficou acertada: Vamos viver juntos! Agora é hora de ter os pés no chão. Tudo é muito lindo no começo. A lua de mel vai acabar. E a falta de dinheiro, o excesso de trabalho, o cansaço do a dia a dia, a TPM, e outras tantas coisas virão. Temos que ter em mente que momentos ruins aparecerão, contudo temos que saná-los um a um, não deixando para resolver nada amanhã. O importante é querer fazer dar certo. Se cada um fizer sua parte, se cada um souber respeitar o outro na sua essência, com certeza podemos acreditar que podemos viver felizes para sempre.

NOVO DE NOVO - Nunca é tarde para o romantismo
Matérias Relacionadas
Intimidade Feminina Os Desafios do Relacionamento à Distância

Em algumas situações nos encontramos diante do desafio de ter um relacionamento à distância, mas logo pensamos que não é

Intimidade Feminina Como Identificar se seu Relacionamento está Funcionando como Deveria

Hoje em dia tudo acontece e funciona muito rápido, inclusive quando se trata dos relacionamentos. Hoje as pessoas vivem juntas

Intimidade Feminina Divórcio: Seria Este o Melhor Caminho?

Os relacionamentos nos dias de hoje não são tão fáceis como parecem. Todos enfrentamos dificuldades e dúvidas, mas quando já

Intimidade Feminina Desculpas para não ter Relações Sexuais

Em muitas ocasiões as mulheres utilizam desculpas para não terem relações sexuais com o seu parceiro, mas a melhor opção

Intimidade Feminina Terapia de Casais

Os casais estão durante cada vez menos na atualidade, mas é preciso entender que os problemas sempre vão existir e

Comentário Anônimo(opcional)

Comentário com seu Facebook
Nenhum Comentario para Dicas "Os Desafios de Viverem Juntos"