O Lado Bom e Ruim de Morar Sozinha

O Lado Bom e Ruim de Morar SozinhaA independência dos pais é um sentimento que começa a aparecer depois de 18 anos de idade ou, em algumas meninas antes, mas você tem que avaliar o que pode ser bom e ruim para entender se vai poder ou ter de esperar mais tempo.

Muitas meninas querem adquirir sua independência, mas existem alguns fatores que podem gerar algumas dúvidas e até medo, em seguida, é preciso analisar o que pode ser positivo ou pode eventualmente tornar-se um problema. Além disso, uma vez que você sair de casa, a última coisa que você vai querer fazer é voltar, pois você com certeza se sentirá uma derrotada como se não tivesse feito nada certo e esperando seus pais para lhes dizer “eu avisei”, ou que a recepção não seja tão agradável.

Para você tomar uma atitude desta, você deverá ter certeza que tem condições de se manter sozinha, isto é, ter dinheiro suficiente para pagar suas dívidas e suas despesas mensais. Gastar demais e depois correr atrás dos seus pais para pedir ajuda é um sinal de fracasso e de irresponsabilidade. Portanto, quando decidir morar sozinha, faça-o de maneira consciente e responsável.

O lado bom e o lado ruim

Dormir é definitivamente uma das atividades que mais se desfruta. Às vezes, por causa do trabalho, faculdade ou ter passado uma longa noite em uma festa, você precisa relaxar um pouco mais e estando sozinha não tem que pedir permissão para fazê-lo ou esperar que sua mãe ou pai fique chateado porque já são 10 horas da manhã e você ainda não acordou pra cuidar da vida. Esse seria o lado bom. Por outro lado, quando você acordava sua roupa já estava lavada, passada e seu café ou almoço pronto. Se você dormir muito não terá tempo de arrumar suas coisas antes de voltar para escola ou trabalho.

Cozinhar é uma das partes mais irritantes, mas, felizmente, existem lanchonetes e seus deliciosos lanches. Caso queira você mesmo fazer é só ter em mãos algumas receitas e a intenção de aprender. Provavelmente, se a sua mãe estivesse por perto você teria de cumprir horários do café da manhã, almoço e jantar; e os lanches jamais seriam algo para comer como uma refeição principal. Mas o lanche só deverá ser mesmo em último caso, já que lanchar de uma forma rotineira traz muitos problemas para saúde e também engorda. O melhor seria comprar comida a quilo, assim se você não tiver tempo de ir pra cozinha se alimentará de maneira saudável.

– Cada pessoa desenvolve seu estilo de vida e de organizar suas responsabilidades. E lá em meio a solidão você poderá deixar para lavar os pratos mais tarde, fazer a cama, alguns minutos depois ou deixá-la pronta pra logo mais a noite ou deixar de organizar dias de limpeza da casa ou lavagem de roupas. A única coisa a ter em mente é que não se pode confundir liberdade com libertinagem e, em vez de viver em uma casa ou apartamento, você termine morando num lugar sujo e desarrumado. O certo é ter responsabilidade, mesmo morando sozinha.

Sair, entrar, ir dormir na casa de uma amiga, isso será normal, as permissões não serão necessárias, não precisará ouvir xingamentos no dia seguinte. Porém não se pode perder a consciência que estamos vivendo dias de violência. Hoje em dia ficar até altas horas na rua, correndo perigo de morte, assaltos, estupros e sabe-se lá mais o que, deve ser o mínimo que uma pessoa que quer morar sozinha não deve fazer para que não perca a oportunidade de se realizar na vida.

– As compras são algo que pode ser feito quando for absolutamente necessário, já que morando sozinha você não terá tantas coisas para comprar. Fazer compra para um mês, como se fazia na casa de seus pais, não será uma boa opção já que alimentação tem validade e em muitos desses alimentos a validade é bem pequena e só terá você para dar conta de tudo.

– A privacidade é algo importante, ter o seu espaço, sua liberdade, ouvir a música que você gosta e no volume que quiser, assistir seu programa de TV favorito, sem restrição de horário ou porque seu pai quer ver outra coisa ou até mesmo ficar na internet um bom tempo sem incomodar seus pais que dormem cedo. Com certeza tudo isso é muito bom. Talvez seria o principal motivo para uma pessoa morar sozinha.

Apesar de ter tantos pontos positivos, morar sozinha pode ser uma opção ou pode ser uma obrigação. Mas não se pode esquecer que família é o porto seguro. Estar sempre em contato será saudável para ambas as partes. O importante disso tudo é ser e viver feliz.

Morando sozinha minha vida
Matérias Relacionadas
Intimidade Feminina Estou Apaixonada Pelo meu Amigo. E Agora?

Se apaixonar pelo melhor amigo é possível para todas nós, mas quando isso acontece surge uma questão angustiante: o que

Intimidade Feminina Os Desafios de Viverem Juntos

Viver juntos e felizes é o sonho de muitos casais, mas não é tão simples assim. Vamos te mostrar neste

Intimidade Feminina Dicas a Considerar Antes de Viver Como Casal

O momento tão esperado para viver como um casal chegou e tudo parece maravilhoso. Mas morar juntos nem sempre é

Maternidade Quando a Criança pode Dormir Fora de Casa?

Conforme as crianças crescem vão se socializando e fazendo amizades, logo surge o pedido para dormir na casa do amigo

Saúde da Mulher Diferenças Entre Mania e Depressão

Atualmente ouvimos muito falar sobre depressão e mania, mas sabemos de fato o que é cada uma delas? Elas possuem

Comentário Anônimo(opcional)

Comentário com seu Facebook
Existe 1 Comentário para Dica "O Lado Bom e Ruim de Morar Sozinha"
GEA\NE

Sai da casa da minha mãe. estou me sentindo muito triste, deprimida. parece que sou outra pessoa. moro com minha filha de 10 anos, ela está achando ótimo, mas eu não. estava acostumada com a agitação da casa dela, agora é tudo calmo, uma sensação horrível. o que faço? será que devo voltar? obs: não dependo financeiramente dela.