Dieta Baseada Orgasmos II: Plano de Refeições e Exercícios

Dieta Baseada Orgasmos II: Planode Refeições e ExercíciosPara ser uma mulher multi-orgásmica faz falta ter muito desejo sexual. Algumas mulheres nascem com ele e não o perdem nunca, e outras podem aumentá-lo e motivá-lo de várias maneiras.

Quer seja com exercícios e inclusive através da alimentação. Esta é a experiência que recomenda a escritora Marrena Lindberg em seu livro “A mulher multi-orgásmica.”

Já falamos sobre os alimentos permitidos no momento de iniciar a dieta do orgasmo, como aqueles que aumentam a serotonina, os que aumentam a testosterona e o chocolate (cacau a 70%), que nos ajuda a nos sentirmos melhor.

Também os alimentos que devem ser evitados, tais como soja, bebidas com cafeína, processados, açúcar, inclusive os contraceptivos hormonais, que são as causas da baixa libido.

O segredo, de acordo com Lindberg, é o óleo de peixe que conduz ao melhor caminho em busca dos orgasmos.

O óleo de peixe, os benefícios e os cuidados

Este é um dos alimentos básicos que não podem faltar na dieta. Porque, se consumido em doses ligeiramente mais elevadas do que o habitual gera o aumento da libido.

O óleo de peixe é composto pelos ácidos graxos ômega-3, EPA e DHA. No momento de consumi-lo, se requer que um médico indique a dose correspondente ao peso de uma pessoa. Além disso, esta deve ser aumentada gradualmente ao longo de duas semanas, até atingir a quantidade desejada.

Para conseguir o óleo de peixe, o melhor é se concentrar na melhor qualidade, já que assim terá menos contaminante e menos probabilidades de causar problemas digestivos. Geralmente vem em comprimidos.

Os ácidos graxos como este, não são muito abundantes em dietas normais. Mas são substituídos por óleos poli-insaturados de plantas tais como o milho, soja, semente de algodão. Todos eles neutralizam os efeitos do óleo de peixe, por isso recomenda-se substituí-los, utilizar as gorduras saturadas e monoinsaturadas, e óleos como a manteiga, coco e oliva.

Cerca de três quartos das mulheres que o experimentaram relataram um aumento dramático na libido e a facilidade de orgasmo após seis semanas deste regime. Mas devem ser sempre supervisionadas por um profissional. Algumas de suas contraindicações têm a ver com o fato de que o óleo de peixe dilui o sangue e não deve ser tomado com medicamentos, tais como a aspirina ou anticoagulantes.

Como é a dieta do sexo

Para conseguir melhores resultados, se requer a incorporação e combinação dos alimentos permitidos. Aqui trazemos um trecho da dieta proposta pela autora:

Café da Manhã: cereais integrais ricos em fibras com leite ou uma torrada de pão integral com manteiga e um iogurte, e 15 gr. de chocolate preto.

Almoço: varas vegetais, hummus (purê de grão de bico) e biscoitos salgados.

Lanche: queijo e frutas.

Jantar: salada temperada com azeite de oliva, massas à bolonhesa e uma sobremesa que não contenha gorduras trans.

Ginástica Sexual

Nem tudo é comida, mas exige uma dose de exercício para complementar e ajudar nas conquistas. Não estamos nos referindo à academia ou os esportes, mas sim a fortalecer os músculos vaginais.

Para isso, recomendamos a técnica de Kegel, que mediante alguns simples movimentos de tensão e relaxamento dos pubococcigeno (como se estivesse segurando a urina) é suficiente para atingir orgasmos mais duradouros. A rotina indica que com 30 repetições diárias é possível conseguir. Além disso, você pode fazer a qualquer hora, em qualquer lugar.

A combinação destes alimentos permitidos, a incorporação do óleo de peixe e os exercícios vaginais são a chave para desfrutar de mais e melhores orgasmos. Que sejam mais fortes abundantes e duradouros é o que todas as mulheres desejam e, desta forma é possível conseguir.

Finalmente, recomenda-se sempre cuidar da nutrição também com uma boa dose diária de cálcio, magnésio e zinco para o apoio hormonal adicional, exercícios físicos para manter a oxigenação do sangue e acima de tudo muita motivação para fazer do sexo uma nova experiência mais prazerosa.

como aumentar os seios
Matérias Relacionadas
Regimes Dieta a Base de Orgasmos: as Propostas do Livro “A Mulher Multi-Orgásmica”

Muitas mulheres no momento da relação sexual não conseguem atingir o orgasmo por diversas razões, isso muitas vezes se torna

Beleza da Mulher Os Segredos da Alimentação Japonesa para a Beleza

Conheça os segredos de alimentação das mulheres japonesas para se manterem sempre belas e jovens. Basta apenas incluir na dieta

Beleza da Mulher O que Você Come Também é Refletido na Saúde das suas Unhas

A saúde das nossas unhas pode ser afetada uma grande variedade de condições tornando-as quebradiças, fracas, ressecadas, encravadas, etc. Neste

Regimes Dieta Atlântica

A melhor forma de perder peso e manter a saúde ´através do consumo de alimentos naturais e manter um estilo

Beleza da Mulher Unhas Fortes, os Melhores Alimentos para as Unhas

Para ter unhas belas e fortes uma aliada pode ser a alimentação. Incluindo alguns alimentos com frequência na sua dieta

Comentário Anônimo(opcional)

Comentário com seu Facebook
Nenhum Comentario para Dicas "Dieta Baseada Orgasmos II: Plano de Refeições e Exercícios"